A reforma da previdência será aprovada, mas isto não significa nada


Eu que sempre fui um defensor de um entendimento mais clássico de politica, confesso que sou intransigente neste tema.

Algo essencial se perdeu aqui - e voltarei a escrever com dados sobre o tema nos próximos dias - alguém leva a sério a dimensão do problema? Vejam que há poucos dias via meus amigos esquerdistas compartilhando (no meu ponto de vista) sobre uma ótima romântica, a confusão na argentina sobre a reforma da previdência (https://g1.globo.com/mundo/noticia/deputados-suspendem-votacao-de-reforca-da-previdencia-apos-protestos-violentos-na-argentina.ghtml ) juro que senti um tom de “olhem lá meu povo” lutem. Derrubem a bastilha e cortem as cabeças. Ouvi estes dias do Pondé que o povo sempre gostou de linchamentos (Cabe o conceito etimológico para ficar mais clara a reflexão) e está já era uma constatação empírica minha. Voltando ao ponto. Percebi também nestas caminhadas missesneanas (Ludwig von Mises ) que na verdade o povo nunca gostou muito de cuidar da coisa publica

Principalmente quando se trata de economia. De responsabilidade. A maior parte das pessoas não parece dar à mínima se atingirmos 100% do PIB em divida. A maioria não se importa nem em saber o que é o PIB. Um dia amam uma pauta, parecem indignadíssimos com isto ou aquilo, com coisas que nem se dão ao trabalho de entender. De saber se não é pura bobagem ou mentira. Ou por que convém, por que faz parte do papo do bar ou jantar, ou só criam suas campanhas de marketing e ganham dinheiro com isto. Algo essencial se perdeu neste debate no momento em que as pessoas pararam de se importar com o fato em si e no final quem será prejudicado mesmo é quem não receberá sua aposentadoria.

A previdência social no Brasil está quebrada. Serviços de assistencialismo pelo mundo afora no geral estão quebrando. O mundo vive um momento de pré-crise econômica. As contas brasileiras não fecham e isto pode trazer o caos dos serviços públicos. Tá, até ai beleza. Mas o que isto tem haver com eu me aposentar? Tem haver que em 10 anos a previdência nos moldes que está se torna impagável. E nenhum Keynesianista me convence que: Ah o Japão está devendo 300% do PIB e está de boas. A saúde publica vai tão mal quanto à segurança publica aqui. A educação vai ainda mais. Acabamos de ser roubados. Não temos absolutamente nenhum líder. E o dinheiro pra nossos idosos está acabando. Não estou falando com convicção politica. Estou falando como amigo. Se preparem. Deixamos de lado a boa discussão. Acabou. O que for aprovado não importa muito. Será resultado de negociatas e negociatas. Tornamos está reforma uma commoditie para o PT, o PSDB, o PP, o PMDB e todos os outros filhos de P’s.

1 visualização

Gostou da leitura? Doe e ajude-nos a fornecer notícias e análise para os leitores.

1LAdqqf4PqraX8ZxqMjirnWoE6XR7vX5Nm

0x155a69970abb497231fc437ad05365c6962f4e4e

  • Telegram
  • Instagram
  • Youtube
  • Reddit
  • Facebook Politizei
  • WhatsApp
  • Twitter
  • Gmail

© 2023 por "EXL CAPITAL ANTIFRAGIL TECNOLIGIA DA INFORMACAO LTDA"